7 Dicas para tirar Passaporte para Paris

7 Dicas para tirar Passaporte para Paris

Está pensando em tirar passaporte brasileiro para viajar para Paris, mas ainda está em dúvida se vale a pena o investimento? Ou quer muito emitir o documento, mas não sabe por onde começar o processo?

Selecionamos 7 dicas para tirar seu passaporte!

Os brasileiros têm aproveitado mais Paris. De acordo com o Banco Central, nos últimos anos os brasileiros gastaram 14,5 bilhões de dólares em viagens internacionais.  Mas como sabemos nem toda viagem ao exterior exige passaporte, como é o caso dos países do Mercosul. Contudo, se você deseja ir mais longe, como à Paris ou aos Estados Unidos, tirar passaporte é obrigatório. E mesmo nos países vizinhos que só exigem a carteira de identidade, é bom entrar com o passaporte. Isso porque os carimbos nos ajudam na hora da imigração em nações mais rígidas.

O que saber antes de tirar passaporte

Quanto custa tirar passaporte brasileiro? Você deve pagar uma taxa única de R$257,25.

Quanto tempo vale o passaporte? O documento tem validade de 10 anos para pessoas acima de 18 anos. Já para os menores, varia entre 1 e 5 anos.

Onde tirar o passaporte? A maior parte do processo é on-linepelo site da Polícia Federal. O restante você faz presencialmente, no posto de atendimento da própria PF escolhido por você, conforme explicado à frente.

Quanto tempo demora para ficar pronto? Após entregue sua documentação no posto da PF, a média é de 6 dias úteis. Mas, atenção, porque somado a esse tempo, tem os dias para aprovação do pagamento da taxa e o período até a data agendada para o atendimento. Isso significa que são 6 dias úteis após todo o trâmite on-line.

Desse modo, como o documento não fica pronto na hora, é importante que você se organize com antecedência. Caso já tenha comprado a passagem para outro país, solicite seu passaporte com tempo hábil até a viagem. Afinal, dependendo da cidade, o processo pode levar até mais de um mês.

Vale lembrar também que o passaporte não é renovável, então se o seu passaporte já passou da data validade o processo abaixo será exatamente o mesmo.

Como tirar passaporte brasileiro em 7 passos!

São apenas 7 passos para você ter o seu passaporte brasileiro e fazer as suas tão sonhadas viagens.

  • Passo 1: Reúna os documentos necessários
  • Passo 2: Solicite seu passaporte
  • Passo 3: Pague a GRU
  • Passo 4: Agende o atendimento
  • Passo 5: Compareça ao atendimento presencial no posto da Polícia Federal
  • Passo 6: Consulte o andamento da emissão do seu passaporte
  • Passo 7: Retire seu passaporte

1 – Reúna os documentos necessários

A primeira etapa será reunir todos os documentos exigidos. A lista é um pouco extensa, porém não desanime, pois são fáceis de se ter em mãos. Se preferir, pode conferir a lista detalhada da documentação, mas, de modo geral, são estes abaixo. É bom deixá-los separados, porque deverá apresentá-los na PF na etapa presencial do processo.

Documento de identidade oficial com foto

Serve carteira de motorista (desde que acompanhada de outro documento original que comprove seu local de nascimento), um passaporte antigo (se tiver), carteira de trabalho ou carteira de identidade.

O RG pode ter, no máximo, 10 anos. Não é uma regra muito conhecida, mas órgãos públicos e companhias aéreas costumam não aceitar o documento após essa validade.

Quem já tiver alterado o nome, também precisa levar os documentos que comprovem a mudança.

Certificado de reservista

Homens com idade entre 19 e 45 anos devem apresentar o documento de quitação com serviço militar obrigatório.

Título de eleitor e comprovantes da última eleição

Caso não tenha mais os comprovantes, no site do Tribunal Superior Eleitoral você pode emitir a Certidão de Quitação Eleitoral. É fácil e grátis.

A apresentação desses documentos tem como finalidade provar que sua situação com a Justiça Eleitoral está regularizada.

Assim, estando em conformidade neste ponto, a sua Certidão de Quitação Eleitoral será apresentada da seguinte maneira:

certidão de quitação eleitoral para tirar passaporte

Você pode imprimir este documento e levá-lo à PF

Passaporte antigo

Se você está tirando um novo passaporte, deve levar o antigo para que ele seja cancelado. Os vistos válidos continuarão vigentes e o documento lhe será devolvido (mesmo que não tenha nenhum visto).

CPF

Os maiores de 18 anos também precisam levar o CPF.

Documentos necessários para menores de 18 anos

Menores de 18 anos precisam da autorização de ambos os pais ou responsáveis. No site da Polícia Federal, você encontra modelos de autorização. Com certeza, um deles vai se encaixar no seu caso.

Para crianças menores de 12 anos, é preciso levar a certidão de nascimento. Se for menor de 3 anos, deve levar uma foto 5×7 recente!

#DicaPI: em 2018, a PF prometeu reduzir a documentação necessária para tirar passaporte. Assim, o comprovante de reservista e de quitação eleitoral seriam dispensados, pois o atendente consultaria on-line na hora. No entanto, a própria Polícia Federal recomenda levar tais documentos, como prevenção em caso de não conseguirem fazer a consulta on-line. Por isso, também recomendamos que leve toda a lista aqui informada.

2 – Solicite seu passaporte

Estamos agora na segunda etapa, que é solicitar o passaporte no site da Polícia Federal.

site da policia federal para tirar passaporte

Acostume-se com esta tela, pois voltará a ela mais vezes

Após conferir se possui todos os documentos, você só precisa acessar o site da PF e clicar em requerer passaporte. Nesse momento, vai aparecer uma tela com um formulário on-line. Preencha-o com seus dados pessoais, como nome, data de nascimento, nome dos pais, cidade em que nasceu, etc.

Após preencher todos os campos, confira todas as informações e se certifique de que não há erros de digitação.

Ao final desse processo, será gerado um boleto, que é a Guia de Recolhimento da União (GRU). Salve esse documento, pois vai precisar dele!

3 – Pague a GRU

Lembra que falamos para você guardar a guia? Então, ela é nossa terceira etapa! A Guia de Recolhimento da União pode ser paga pela internet, em um caixa eletrônico ou até na boca do caixa.

Concluído o pagamento, aguarde entre 24 e 72 horas para seguir para a próxima etapa. Só depende do seu banco agora!

4 – Agende o atendimento

Quando o pagamento da GRU for compensado, vá novamente ao site da PF e clique em Agendar Atendimento. Então você vai colocar a cidade e o estado onde deseja ser atendido. Aí surgirá na tela uma lista com os postos da PF na sua região.

Em seguida, escolha no calendário a data e hora disponíveis para atendimento.

Aqui vale uma dica: se você mora em uma região em que há mais de um posto de atendimento, verifique as datas disponíveis em todos eles. Por exemplo, em Campinas olhamos tanto o posto da PF dessa cidade quanto os de São Paulo e Guarulhos.

Resultado: em Guarulhos tinha horário para a semana seguinte, enquanto em Campinas havia apenas para o próximo mês!

Imprima o comprovante de agendamento e leve com você! Esse item não é mais obrigatório, mas pode te salvar se o sistema der algum problema no dia do atendimento presencial.

5 – Compareça ao atendimento presencial no posto da Polícia Federal

Nessa etapa, você vai se deslocar até o posto da Polícia Federal que escolheu lá no agendamento. Também vai levar todos os documentos necessários e o passaporte antigo (se você tiver um). Dica: vê se vai bem bonito e garboso para ficar bem na foto que eles vão tirar de você!

6 – Consulte o andamento da emissão do seu passaporte

Agora é segurar a ansiedade e consultar o andamento do seu passaporte. Para isso, entre no site da PF, clique em Consultar Andamento e fique de olho na previsão de entrega.

7 – Retire seu passaporte

Na data indicada, volte ao posto de atendimento da Polícia Federal e retire o passaporte. Atenção! Você deve ir pessoalmente e levar um documento original com foto! Se não buscar dentro de 90 dias, ele será cancelado, mas não achamos que vá esperar isso tudo, não é?

 

 

via: passagensimperdiveis

Compartilhe

Comente com o Facebook

Comentários

Ainda não recebemos comentários. Seja o primeiro a deixar sua opinião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *